Wings

Levou-me todas as alianças,
os seus beijos.
E, hoje, o meu maior desejo era não sentir saudade.
É duro lembrar-me das suas palavras,
o limite cruel.
Doeu e sangra latejante a sua dúvida em mim.
Meu Deus amado!
Era ele baseado em ti!
Mas feito homem imperfeito.
Não na carne.
Da sua alma não poderia eu tirar o livre arbítrio,
pois sem ele não seria amor.
Infortúnio da minha vida:
com ele também não foi…

Ah! Todos os santos!
Pudera eu consertá-lo pra mim.
Essa minha incapacidade frustrante.
Meu anseio gigante.
Porque não comigo agora?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s