Valium

O cansaço físico de nadar contra a maré não sangra.

Sangrar é visual.

Nossa sociedade prioriza esse sentido.

Vejo um mar abrangente de pessoas que vivem ilusões, simulam emoções não espontâneas onde crianças aprendem desde cedo a congelar sorrisos.

Sorrisos secos, sem brilho.

Seriam doloridos se não fosse a névoa da ilusão.

Eu não gosto da dor, mas é honesto sentí-la.

É correto. É real, afinal.

Vivemos numa seleção artificial da vida, não natural e fraca.

São estruturas frágeis que vão se romper feitos barragens que dizimam cidades inteiras com lama e sujeira.

Segure suas pontas sozinho.

E entenda que, na verdade, o local onde é preciso ser mais forte é na solidão.

Refazer estruturas. Deixar todo o prédio desabar e reconstruir a partir do alicerce.

A utopia é o zero.

Mas temos um horizonte a seguir, ainda.

Algumas doenças são invisíveis, sim, mas se adoeceu é porque sentiu.

O sexto sentido é real.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s